Porque sentimos um aperto no coração quando estamos tristes?

116

Porque sentimos um aperto no coração quando estamos tristes

Quando estamos tristes ou sofremos por amor, o peito parece que vai explodir, dói e parece sufocar você cada vez mais. Descubra o porque disso e como tratar.

Quando sofremos por amor, ficamos praticamente sem vontade de nada, o peito dói, você perder o apetite, a sensação de peito apertado e angustia são praticamente insuportáveis. Sim, eu sei muito bem disso e acredito que quase todo mundo já passou por isso também.

Então, procurei descobrir o que causa isso e como posso aliviar essa dor já que o remédio pra isso…Bem…Se foi!

Então vamos lá, o responsável por esse efeito  todo em nosso corpo é a adrenalina. Quando passamos por situações de estresse, como tristeza ou ansiedade, o cérebro envia uma mensagem para o corpo liberar uma dose extra desse hormônio, produzido pelas glândulas suprarrenais.

Porque sentimos um aperto no coração quando estamos tristes

A adrenalina produz reações físicas: os músculos intercostais superiores, aqueles que ficam na região do tórax, contraem-se para aumentar a quantidade de oxigênio no sangue o mais rapidamente possível com o objetivo de fornecer energia.Isso prepara o corpo para agir com rapidez, caso necessário.

“Em algumas situações, a tensão é tanta que pode causar dor na região torácica”, diz o médico e especialista em ansiedade e estresse Geraldo Possendoro, da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

aperto no coração

Para não ter um piripaque, uma técnica infalível é fazer a respiração abdominal (veja o passo a passo acima). Alguns minutos por dia já são suficientes para aliviar a tensão, oxigenar o cérebro e relaxar a musculatura. Agora sabemos que há muita ciência por trás daquele conselho popular que diz para “respirar e contar até dez”.

Comentários

comentários

COMPARTILHAR
Kleber Pereira

Cara simples, que vive a vida dia após dia aprendendo tudo o que pode sobre todas as coisas possíveis! Curiosidades são uma das minhas maiores paixões, junto com meu filho e pudim de leite.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA